O Sescoop/SP convida as cooperativas paulistas do ramo Crédito, regulares com o Sistema Ocesp, para o Líder Crédito SP, programa que ocorrerá ao longo de 2023, desenvolvido com exclusividade em parceria com o Instituto de Ensino e Pesquisa – INSPER e que tem o objetivo de discutir tendências e os principais assuntos que permeiam o ramo Crédito paulista e propiciar a reflexão sobre as novas formas de atuação e de realizar negócios no setor.

Serão debatidos os maiores desafios e oportunidades das cooperativas de Crédito na busca pela sustentabilidade econômica e melhores condições para cooperados, considerando o ambiente de negócios extremamente competitivo do mercado financeiro.

O programa será dividido em duas etapas, sendo a primeira voltada a presidentes do Conselho de Administração das cooperativas. O encontro acontecerá nos dias 30 e 31 de janeiro, na sede do INSPER, em São Paulo.

Já no segundo curso, composto por encontros mensais em 2023, serão capacitados executivos das cooperativas, que deverão ser indicados pelos presidentes participantes. A capacitação abordará assuntos como design thinking, disrupção tecnológica, riscos financeiros, entre outros.

Confira mais informações sobre os dois cursos abaixo.

Para participar da primeira etapa, os presidentes deverão se inscrever no link abaixo até o dia 20 de janeiro.

Sobre o INSPER

O Instituto de Ensino e Pesquisa – INSPER é uma instituição sem fins lucrativos, dedicada ao ensino e à pesquisa, que possui renome internacional e experiência em temáticas voltadas às cooperativas do ramo Crédito. O corpo docente da Educação Executiva da instituição possui viés acadêmico e têm experiência executiva no mercado. Essa dupla competência permite aliar teoria e prática, facilitando a reflexão constante sobre as melhores formas de atuação dos negócios.

ENTENDA O PROGRAMA

CURSO 1 – PRESIDENTES

Data: 30 e 31 de janeiro

Horário: das 9h às 18h

Local: Insper (Local: Rua Quatá, 300 – Vila Olímpia – São Paulo)

Carga horária: 11 horas

1 – O olhar estratégico sobre o Mercado Financeiro;

2 – Desafios para as instituições cooperativas;

3 – Mudanças de cenários: O Futuro;

4 – Metaverso;

5 – ESG (Governança ambiental, social e corporativa) e as oportunidades para os negócios cooperativos.

CURSO 2 – EXECUTIVOS INDICADOS

Data: a definir

Horário: a definir

Local: Insper (Local: Rua Quatá, 300 – Vila Olímpia – São Paulo)

Carga horária: 96 horas

1 – Riscos Financeiros

• Gestão de riscos e Performance

• Classificação de risco

• Riscos de Mercado e Liquidez

• Análise e Riscos de crédito

• Avaliação de performance de carteiras

2 – Design Thinking

• Inovação e Design

• Definindo o problema

• Novos produtos, novos processos e experiência do cliente

• Ideação, Prototipação e Testes

3 – Disrupção Tecnológica

• Abrangência, desafios e benefícios para as Fintechs;

• Como o Open Banking intervirá na estratégia da Fintech e os aspectos operacionais envolvidos;

• Como o Sandbox permitirá o avanço regulatório e o fomento da inovação no setor.

4 – ESG

• Pensamento Sistêmico

• Sustentabilidade e ESG

• As respostas organizacionais – ética, abordagem de

stakeholders e materialidade

• Sustentabilidade e valor – como criar valor no E, no S e no G

5 – Futuro do Cooperativismo de Crédito

• Visão Estratégica

• Estratégia Corporativa e Competitiva

• Modelo de negócios

• Proposta de valor e customer lifetime Value

HOSPEDAGEM

Os participantes da primeira etapa do programa Líder Crédito SP que não possuem residência na cidade de São Paulo contarão com hospedagem subsidiada pelo Sescoop/SP. Mais informações em breve. Já para os participantes do segundo curso, as despesas de hospedagem e deslocamento serão de responsabilidade da cooperativa.

CORPO DOCENTE

Marcos Lisboa

O atual presidente do INSPER ocupou o cargo de vice-presidente da instituição de 2013 a abril de 2015. É Ph.D. em economia pela Universidade da Pensilvânia e atuou como professor assistente de economia na Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas e no Departamento de Economia da Universidade de Stanford. Foi diretor-executivo e vice-presidente do Itaú Unibanco. De 2003 a 2005, atuou como secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda.

Ricardo Humberto Rocha

Doutor em Administração pela FEA-USP, atua desde 1999 como professor do INSPER. É consultor na Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais, na Federação Brasileira de Bancos e no Instituto Febraban de Educação, entre outros. Possui 7 livros publicados e atua na área de Finanças nos temas Finanças de Mercado, Finanças Corporativas, Gestão de Riscos e Educação Financeira.

Marcel Mascarenhas dos Santos

Graduado em Direito pela Universidade Federal da Bahia e especialista em Direito Público pela Universidade de Brasília (2010). É sócio do Warde Advogados e sócio e coordenador científico da Academia para Inovação em Regulação (AIR). Foi membro da Carreira de Procurador do Banco Central de 2006 a 2022, tendo atuado como Procurador-Geral Adjunto entre 2015 e 2022, responsável pela supervisão da área de consultoria legal, compreendendo regulação e supervisão do sistema financeiro, consultoria internacional, monetária e em regimes de resolução e na área administrativa. No exercício da função, tem atuado no assessoramento legal de relevantes projetos da agenda regulatória do Banco Central, como Pix, Open Banking, Sandbox Regulatório e regulação de fintechs. Participou da implementação da Lei de Acesso à Informação (LAI) e à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) no âmbito da Autarquia. Responsável também pela área de representação extrajudicial, em especial no âmbito do Tribunal de Contas da União (TCU). Ainda no Banco Central, exerceu, de 2018 a 2022, o encargo de Gestor de Segurança e Credenciamento Alterno no âmbito do Banco Central, corresponsável pelo tratamento da informação classificada em grau de sigilo no âmbito do Banco Central, e foi Ouvidor do Banco Central de 2013 a 2015.

Priscila Borin de Oliveira Claro

Professora Associada no INSPER, coordenadora do Núcleo Sustentabilidade e Negócios e Coordenadora de Extensão e Responsabilidade Social do Insper. Ocupou a Cátedra Escolhas sobre Meio Ambiente (2016-2018). Foi co-chair do PRME Brasil entre 2017-2019. Doutora em Administração pela Universidade Federal de Lavras, com foco em Gestão Social, Ambiente e Desenvolvimento (2007). Possui mestrado em Administração e Meio Ambiente – Wageningen University and Research Centrum (2003) e graduação em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Lavras (2001). Atuou como Pesquisadora Junior no LEI – Instituto de Economia Agrícola da Holanda (2002 a 2003). Atuou como Pesquisadora do PENSA – FEA/USP (2005 a 2007). Atuou como Coordenadora de Educação Executiva no Insper (2007 a 2012). Atuou como professora em tempo parcial na FGV/EASP de 103 a 2015 e como professora de cursos de Educação Executiva na FUNDACE, Unisinos, Newton Paiva, FIA, St Paul, GV-PEC e INSPER. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Estratégia Organizacional e Sustentabilidade, atuando como pesquisadora nos seguintes temas: gestão socioambiental, capitalismo consciente, responsabilidade social, recursos florestais e direitos de propriedade.

Marcelo Minutti

Palestrante, consultor, mentor e pesquisador nas áreas de inovação, tecnologias disruptivas, marketing, gamificação e design de negócios. Atua no mercado de mídia digital há mais de 20 anos, sendo um dos pioneiros no Brasil. Está entre os principais especialistas em inovação e transformação digital do país e suas palestras e cursos já foram vistos por dezenas de milhares de pessoas. Com sólida experiência como executivo e consultor de grandes empresas nacionais e internacionais, além de relevante atuação como pesquisador e acadêmico, está entre os poucos profissionais no mercado com visão holística prática do ecossistema empresarial e corporativo. Foi precursor no estudo do fenômeno que ele define como “Economia da Recomendação“ e no desenvolvimento de modelos estratégicos que permitem que organizações públicas e privadas aproveitem ao máximo as oportunidades desse novo ambiente tecno-social. Autor do artigo “Dilema do Engajamento: A batalha pela atenção do consumidor“, onde desvendou a anatomia do engajamento e cunhou termos como Rede de Confiança e Funil de Engajamento.  Também é o criador do “Ciclo de Inovação“, método que ajuda organizações a atingirem seus objetivos de negócio ao oferecer mecanismos eficazes para mapeamento, análise e interpretação de forças disruptivas. Os estudos e pesquisas nesse campo permitiram a criação do conceito de Competências Disruptivas (competências essenciais que empresas e indivíduos precisarão desenvolver para sobreviver às mudanças no ambiente empresarial e no mercado de trabalho que estão por vir).